Microcirurgia em nervo periférico, para melhoria da flexão do cotovelo

Atualizado: 22 de fev.



O Serviço de Ortopedia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, realizou recentemente a 10ª cirurgia a um doente com paralisia. Esta cirurgia vai permitir que uma jovem de 25 anos com paralisia, em consequência de doença neurológica, possa melhorar e recuperar das sequelas de lesões dos membros superiores. São cirurgias de longa duração, em que a atuação é feita com recurso a microcirurgia do nervo periférico, assim como a nível dos músculos e tendões.

São exemplos de doentes com paralisias que já beneficiaram com estas técnicas inovadoras, pacientes com paralisias por AVC´s, tetraplégicos ou doentes com paralisia infantil. A atuação cirúrgica é realizada tanto a nível dos membros superiores, como dos membros inferiores. O cirurgião responsável, Dr. José Alexandre Marques, elemento do setor da mão, realiza este tipo de intervenções cirúrgicas, ao abrigo do protocolo criado entre o CHUC e o Centro de Reabilitação Rovisco Pais. O Serviço de Ortopedia iniciou em 2018 o tratamento de doentes neurológicos, realizados em regime de ambulatório, com resultados muito positivos na qualidade de vida em doentes com muitas limitações.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

"A ADSE é hoje o maior e mais completo sistema voluntário de proteção na doença em Portugal. Este sistema acompanha os desafios gerais dos sistemas de saúde dos países de elevada renda: envelhecimento