Cirurgia Cardíaca do CHUC implanta primeira prótese Evita OPEN-NEO®



O Serviço de Cirurgia Cardiotorácica e Transplantação de Órgãos Torácicos (CCTOT) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) realizou, pela primeira vez, a implantação de uma prótese vascular destinada ao tratamento do arco aórtico e da aorta torácica.


A intervenção cirúrgica foi realizada pela equipa do Serviço de CCTOT-CHUC, num doente de 67 anos, com dissecção crónica da aorta ascendente, arco aórtico e aorta torácica descendente. O procedimento foi efetuado em estreita colaboração com o cirurgião cardíaco Juan José Legarra, diretor do serviço de Cirurgia Cardíaca do Hospital Álvaro Cunqueiro, Vigo-Espanha.


O Diretor do Serviço de Cirurgia Cardiotorácica e Transplantação de Órgãos Torácicos do CHUC, David Prieto, descreve que “a intervenção consistiu na implantação da prótese híbrida Evita OPEN-NEO® que permitiu a substituição de toda a aorta ascendente e arco aórtico, bem como remodelagem da aorta torácica descendente. O procedimento e o internamento do doente decorreram sem intercorrências com alta clínica ao oitavo dia.”


Adianta ainda que “esta nova opção terapêutica tem como objetivo dotar a Região Centro da capacidade para o tratamento agudo/crónico das patologias de toda a aorta torácica, tais como aneurismas e dissecções da aorta torácica.”


David Prieto refere também que “na sequência deste importante passo, será criada uma consulta externa em conjunto com a Cirurgia Vascular do CHUC, para facilitar a referenciação destes doentes de toda a Região Centro, os quais eram, até agora, orientados para outra unidade nacional e/ou internacional. A abordagem conjunta destas patologias, numa área em que ambas as especialidades se complementam, é uma mais-valia considerável para o tratamento dos doentes.”


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

"A ADSE é hoje o maior e mais completo sistema voluntário de proteção na doença em Portugal. Este sistema acompanha os desafios gerais dos sistemas de saúde dos países de elevada renda: envelhecimento